Início » Uncategorized » TSE pede que eleitor não vote em candidatos com “ficha-suja”

TSE pede que eleitor não vote em candidatos com “ficha-suja”

Ministro Carlos Ayres Britto, presidente do TSE

Em pronunciamento, presidente do TSE advertiu que eleitores devem buscar informações sobre a vida dos políticos.

Em pronunciamento em rádio e TV, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Carlos Ayres Britto, recomendou aos eleitores que votem em candidatos que tenham passado limpo. Ele (ministro) defendeu a tese de que o candidato com ficha suja não deveria ter seu pedido de registro deferido e não poderia concorrer. Foi derrotado e o fato ganhou as principais manchetes do jornais em todo país.  O ministro pediu atenção e compromisso com a liberdade e democracia, mas enfatizou o voto consciente.

No pronunciamento, Britto afirmou que, caso o voto seja ruim, os quatro anos da gestão de um prefeito, por exemplo, podem se arrastar. “Quatro anos passam rapidamente – uma corrida de 100m – se o nosso voto é bom; quatro anos arrastam-se em passo de tartaruga se o nosso voto é ruim”, disse

Ainda segundo Ayres Britto o eleitor deve votar com todo entusiasmo, toda alegria, toda liberdade, toda atenção, dando um chega pra lá nos compradores de votos e buscando o máximo de informação quanto ao candidato mais democrático e disse ainda: e completa, “Mais democrático e de vida moralmente limpa, além de comprovadamente capaz de conduzir os destinos do seu município, isso porque o futuro do seu município, eleitor, será o seu próprio futuro”, afirmou o ministro.

No pronunciamento de radio e TV, o ministro ressaltou que o voto dado a um mau candidato pode ser uma perda de tempo para a cidade. “Perder uma oportunidade pode fazer você perder muito tempo. Se, nas próximas eleições, você não escolher os melhores candidatos, por exemplo, a sua cidade vai perder quatro anos. E quatro anos é muito tempo”.

Recentemente a Associação dos Magistrados do Brasil ( AMB) publicou em seu site uma lista contendo o nome dos candidatos que irão concorrer as eleições, mas que estão respondendo processos na Justiça. A lista é apenas de candidatos das capitais, mas em breve a entidade promete divulgar lista com todos os candidatos com problemas na justica, independe da cidade.

Confira mais informações na página eletronica da AMB – Associação dos Magistrados do Brasil   www.amb.com.br

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: