Início » Uncategorized » Falta de segurança adia sessão e votação de CEI

Falta de segurança adia sessão e votação de CEI

Victor Bustamante
Foto: Victor Bustamante

dscf3355dscf3377

Durante a sessão seria votado um pedido de CEI para investigar um denúncia de compra de votos

 

A última sessão ordinária da legislatura e do ano de 2008, foi marcada por projetos polêmicos e pedidos de instação de CEI. Com mais de 500 pessoas que lotaram as galerias e a parte externa da Camara de Jandira, a sessão foi aberta e até debatidos alguns projetos, mas votação nenhuma foi concluída. Na sessão, entre outros projetos, estavam um pedido do PDT e do vereador Waldemiro Moreira de Oliveira(PDT), o Mineiro que pedia a instalação de uma Comissão Especial de Inquerito (CEI) para apurar a denúncia do feita pelo também vereador Reginaldo Camilo dos Santos (PT), o Zezinho. Em sua denúncia Mineiro pretende provar que o vereador que o acusa de receber R$200.000,00 do candidato Braz Paschoalim, mente e que a cassação de seu mandato.

 

Manifestantes dos principais grupos politicos de Jandira, PT e PSDB impediram que a sessão continuasse, já que aos gritos tentaram evitar discursos dos parlamentares. Falatórios, chingamentos aos vereadores e gritaria deram o tom da sessão de ontem 25/11. Tudo que se falava era precedido de vaias e palmas. No momento mais tenso da sessão ao discursar o lider da oposição, vereador Altamir Crypriano da Silva (DEM) trocou insultos com manifestantes petistas que aos gritos de “desempregado, desempregado”, referência ao fato do vereador não ter sido eleito nas últimas eleições, tentou impedir seu discurso, mas por outro lado, também aos gritos partidários do vereador também gritaram “é secretário, é secretário! numa alusão a possível ida do vereador derrotado para cidade de Barueri que deve ocupar uma secretaria.

 

Outro que também foi vaiado e criticado por membros de seu partido foi o vereador Cicero Amadeu Romero Duca (PSDB), o Cebolinha, que chegou atrasado e sem direito a voto na sessão poderia prejudicar a votação que pedia a criação da CPI. Mas um fato que chamou a atenção é que partidários do vereador mostraram dinheiro nas mãos, o que fez com que um coro de petistas gritassem: he he he Cebolinha é do PT, he he he Cebolinha é do PT!.

 

Por outro lado e sem condições de conduzir a sessão, o presidente da Câmara Geraldo Teotônio da Silva (PT) o Gê, ameaçou esvaziar as galerias, mas sem sucesso teve que suspender os trabalhos e encerrar a sessão. “Peço aos moradores que se comportem senão terei que encerrar a sessão, disse o presidente. Sem sucesso, ao som de palavras de ordem dos manifestantes tanto do PT quanto do PSDB a sessão foi encerrada for falta de segurança. Com isso, os projetos que estavam pautados para serem votados serão transferidos automaticamente para próxima sessão, que agora será extraordinária, já que essa foi a última do ano.

 

Com a confusão, tanto o vereador Mineiro, quanto o petista Zezinho ganham tempo para que os demais parlamentares aceitem o pedido de mineiro que quer um CEI, ou a sepúltem, fato que deseja o vereador Zezinho que garante ter provas suficientes que sustentam sua denúncia. Ao ser entrevistado pela Imprensa regional Zezinho disse que os fatos falam por si só, e que não é ele que está acusando o vereador, mas os fatos apurados no inquerito que corre na Delegacia Seccional de Carapicuíba. ” Não sou eu que estou afirmando, há um inquerito na seccional que está apurando o caso,” revelou Zezinho.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: