Início » Uncategorized » Tribunal anula sessão da Câmara de Jandira que aprovou contas de Braz Paschoalin

Tribunal anula sessão da Câmara de Jandira que aprovou contas de Braz Paschoalin

certidao1

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), em votação no último dia 24 de março (terça-feira) acatou por unânimidade um Agravo de Instrumento (AI) e anulou a sessão da Câmara Municipal de Jandira, realizada em maio de 2008 que aprovou através de um Projeto de Lei  e as Contas Públicas anteriormente rejeitadas pelo Tribunal de Contas de São Paulo (TCE-SP). Na oportunidade votaram no projeto 8 dos 11 vereadores que compõe à Câmara Municipal de Jandira.

 

Com a aprovação do projeto e em seguida o decreto legislativo, Braz Paschoalin pôde assim registrar sua candidatura a prefeito da cidade. Agora com a decisão do tribunal pode acontecer uma reviravolta e a cidade nos próximos dias pode ter um novo prefeito, que pode ser Julio Eduardo de Lima, Julinho segundo colocado nas eleições

 

Segundo fontes da prefeitura os funcionários estão apreensíveis com o destino que terão nos próximos dias. Por outro lado, a cúpula do prefeito foi à Brasília para acompanhar a votação de um Embargo Declaratório que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que se aceito anula assim a sessão que em 18 de dezembro garantiu a diplomação e posse de Braz Paschoalin.

 

 

 

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: