Início » Uncategorized » Novo pedágio na Castelo: entrar e sair da Região Oeste só pagando

Novo pedágio na Castelo: entrar e sair da Região Oeste só pagando

 

 O Rodoanel recentemente foi todo pedagiado

Com a desculpa de reduzir preços dos atuais pedágios da região, a Via Oeste que detém a concessão publica para explorar as rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares começa nos próximos as obras de construção de praças de pedágio no quilometro 20 da rodovia Castelo Branco.

Com isso, o motorista que for a capital saindo de Jandira, Itapevi, Barueri, Carapicuíba e Osasco e vice-versa, perdem o direito de transitar pela rodovia  Castelo Branco, sem pagar nada, já que nas marginais a cobrança já existe, mas até então se tinha opção.

A concessionária justifica a construção argumentando que haverá redução no atual pedágio nos quilômetros 33 e 20. Segundo números da Viaoeste, circulam diariamente cerca de 90 mil veículos pela rodovia nos dois sentidos. Com o novo pedágio mesmo com tarifa reduzida, a empresa ganhara mais de 7,56 milhões por mês, o que representa anualmente um lucro de mais de 90 milhões por ano.

As obras do Projeto Cebolão, desenvolvidas pela empresa ajudarão em muito o trânsito na rodovia, mas em contra partida, a abertura de dois novos pedágios trarão ao motorista um custo altíssimo para circular pela região oeste da Grande São Paulo. Apesar das propagandas de melhorias, as cidades da região oeste estão cercadas por pedágios e nosso direito de ir e vir fica condicionada ao pagamento de pedágio.  

Cercada por pedágios

Com isso, toda região agora é cercada por pedágios e qualquer cidadão que se desloque pelas rodovias estaduais que cortam a região, necessáriamente irão pagar por isso. E um questionamento tem que ser feito. Se já pagamos nossos impostos, porque temos com a desculpa de melhorias pagar novamente, só que desta vez para empresas que visam o lucro, e quê  lucro.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: