Início » Uncategorized » Polícia Federal divulga fotos de valores apreendidos em operação no Banrisul

Polícia Federal divulga fotos de valores apreendidos em operação no Banrisul

Saiu no blog Amigos do Presidente Lula:

Dinheiro apreendido no Banrisul pela Polícia Federal

A Polícia Federal divulgou fotos de valores apreendidos em busca realizada na Operação Mercari, que investiga possíveis desvios de recursos da área de marketing com prejuízo ao Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul). A PF prendeu o superintendente de marketing do Banrisul, Walney Fehlberg, um representante da agência SL&M, Gilson Stork, e um diretor da DCS, Armando D’Elia Neto.

Os três foram presos em flagrante por peculato e lavagem de dinheiro porque durante as buscas em residências e empresas a PF apreendeu dinheiro sem origem identificada. Até o momento, foi recolhido um total de cerca de R$ 2 milhões em poder dos três.

Apareceu a versão tucana dos aloprados (2)

A PF cumpriu mandados judiciais de busca e apreensão nas duas agências, no Banrisul e na residência de suspeitos.

PF investiga suposto desvio de dinheiro entre Banrisul e agências de publicidade.

A Polícia Federal investiga um esquema de desvio de dinheiro montado dentro do Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul), especificamente na área de marketing do banco. O prejuízo estimado é de mais de R$ 10 milhões no último ano e meio.

Hoje pela manhã, 76 policiais cumpriram 11 mandados de busca e apreensão, sendo dez em Porto Alegre e um em Gravataí, na região metropolitana da capital. A operação foi batizada de Mercari, palavra em latim que, segundo a PF, significa comércio.

Segundo investigações já realizadas conjuntamente pela Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Ministério Público de Contas do RS, uma suposta organização criminosa, da qual fazem parte funcionários do bando e diretores de agências de publicidades, superfaturava campanhas de marketing, que eram terceirizadas para outras empresas com preços muito abaixo daqueles pagos pelo banco.

A investigação encontrou indícios de evasão de divisas, ocultação de bens e valores e sonegação fiscal. O Ministério Público de Contas já solicitou ao Tribunal de Contas do Estado que realize uma inspeção no banco.

O banco ainda não se manifestou sobre a operação. Ainda hoje, segundo a assessoria de imprensa da instituição, será divulgada uma nota.

O Banrisul é uma sociedade de economia mista, com participação do governo do Estado do Rio Grande do Sul Yeda Crusius do PSDB.

Agência Estado

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: