Início » Uncategorized » Mais um suspeito é preso por mandar matar prefeito

Mais um suspeito é preso por mandar matar prefeito

O ex-secretário de governo da prefeitura de Jandira,  Dr Sergio Paraízo foi preso acusado de envolvimento na morte do prefeito Braz Paschoalin (PSDB) .

Se confirmada a participação de Paraizo no assassinato do prefeito, ele será o segundo ” homem de confiança” envolvido no caso preso pela polícia. Já que também está preso e indiciado Vanderley Aquino,  que também ocupou cargo de confiança na gestão do prefeito assassinado. A polícia ainda procura pelo ex-policial militar flagrado por câmaras de monitoramento fazendo pagamento aos suspeitos, no dia anterior ao crime.

Com sua prisão, começa a se fechar o cerco aos mandantes da morte do prefeito. O advogado defendeu em 2008 a reapresentação das contas públicas dos anos de 1999 e 2000, rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP),  mas que tiveram novamente apreciação e votação por parte dos vereadores que compõe a Câmara Municipal de Jandira.

Com a prisão de Paraíso, e a recente informação pode ter havido compra de votos na época da votação das contas, começa-se a fechar o cerco também aos seis vereadores, que segundo a polícia estão sob suspeita de corrupção. A possível compra de votos ocorreu segundo, o ex-vereador Waldomiro Moreira de Oliveira, mineiro, que foi assassinato ano passado, que revelou ter recebido 200 mil para votar a favor das contas do prefeito

Reportagem do jornal nacional, da Rede Globo revelou que os mandantes pagariam 600 mil para assassinar o prefeito, e que teriam recebido  200 mil de entrada e os demais 400 mil serão pagos posteriormente.  A reportagem também revelou que um ex-candidato a vereador Anderson Muniz, conhecido como “Ganso” estaria envolvido e fugiu.

O inquérito que investiga a morte de Braz continua, mas outras linhas de investigação podem confirmar um suposto esquema de corrupção envolvendo 6 parlamentares que compoe a Câmara Municipal de Jandira.  A policia não revelou até agora os nomes desses parlamentares, mas com o avanço das investigações não será surpresa se  que  próximos dias, alguns dos supostos envolvidos pode ter o pedido de prisão decretada pela justiça.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: