Início » Uncategorized » Com 6 votos a favor e 4 contra, Anabel fica na Prefeitura

Com 6 votos a favor e 4 contra, Anabel fica na Prefeitura

A sessão extra que colocou  em votação o relatório da CEI (Comissão Especial de Inquérito) foi rejeitado pela maioria dos vereadores. Com denúncias que foram investigadas por mais de 3 meses, a base aliada da prefeita Anabel Sabatine rejeitou o relatório e absolveu a prefeita, em uma votação que entrou para história da cidade. A votação se referia a apuração feita pelo CEI que identificou irregularidades que teriam sido cometidos pela administração como a suspeita de nepotismo, fraude em contratos públicos, desvios de recursos do Fundeb, entre outros.

A relatora do processo, vereadora Maura Soares (PT) e os demais vereadores da oposição tentaram de tudo para convencer os vereadores da importância de afastar Anabel. “As denúncias são fortes, e a Câmara tem a chance de mudar a história política, pois aqui em Jandira a corrupção esta em toda a administração”.

Um dos votos que mais causaram múrmuros na platéia  foi do vereador e pré-candidato a prefeito pelo PV Geraldo Teotônio, Gê, conhecido até então como um oposicionista ferrenho do PSDB, mas que estranhamente, votou pela permanência da prefeita. Nos bastidores, ouviu-se comentários de que Gê estaria supostamente  fazendo parte do  grupo da prefeita para uma estratégia eleitoral futura.

Mas o grande discurso da sessão e que fez a platéia até ficar em silêncio, foi do presidente da casa, vereador Wesley Teixeira (PSB) que narrou um pouco à história da cidade, e disse que o momento político que Jandira vive é único, e que a Câmara deveria ser grande o suficiente para banir da prefeitura Anabel Sabatine. Segundo ele, a prefeita sabe tudo que esta fazendo, e que uma verdadeira quadrilha esta instalada na cidade. “Vai embora, saia daqui é cidade pertence ao povo”, disse esbravejando Wesley Teixeira.

Pelo lado da situação, os discursos foram de total defesa da prefeita, e desqualificação das denuncias e apurações feitas pela CEI. Baseados na tese jurídica que não dava embasamento à cassação, vereadores se limitaram a tentar obstruir os discursos da oposição, e no final votaram a favor da prefeita.

Um dos principais articuladores da oposição, vereador Reginaldo Camilo dos Santos (PT), Zezinho fez um discurso duro e conclamou os demais vereadores a dar um basta na corrupção, ao final da votação disse “Foi uma surpresa essa votação, estou decepcionado, já que a Câmara se acovardou em cassar a quadrilha que está a frente da prefeitura” disse.

Ele revelou que a partir de agora ira na esfera partidária, propôs ações incisivas para ampliar a aposição “Quero como parlamentar junto com meu partido o PT não dar trégua a administração”encerrou

Ao final, a prefeita consegui 6 dos 10 votos, e a votação ficou assim:

A favor da cassação:

-Reginaldo Camilo dos Santos (PT)

-Jose Neto da Silva (PR)

-Maura da Silva Soares(PT)

-Wesley Teixeira(PSB)

Contra a cassação:

Gerson Cerqueira (PTN)

Henrique Alexandria (PSDB)

Wilson Coelho (PDT)

Cicero A Duca ( PSDB)

Marcelo Marques (DEM)

Geraldo Teôtonio da Silva (PV)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: